Portal da Transparência
e Prestação de Contas

Aprova as diretrizes para elaboração da Segunda Reprogramação do Plano de Ação e Orçamento do CAU referente ao Exercício de 2014, e dá outras providências.

 

 

[Clique aqui para baixar em PDF]
[Clique aqui para baixar em DOCX]
[Clique aqui para baixar em ODT]
[Clique aqui para baixar em XML]
[Clique aqui para baixar em XPS]

 

 

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), no uso das competências previstas no art. 28 da Lei n° 12.378, de 31 de dezembro de 2010, e nos artigos 2°, 3° e 9° do Regimento Geral aprovado pela Resolução CAU/BR n° 33, de 6 de setembro de 2012, de acordo com a deliberação adotada na Reunião Plenária Ordinária n° 32, realizada no dia 17 de julho de 2014;

 

Considerando a necessidade de serem aprovadas e divulgadas as diretrizes para elaboração da Segunda Reprogramação do Plano de Ação e Orçamento do CAU referente ao Exercício de 2014, matéria essa de competência do Plenário do CAU/BR nos termos dos artigos 3°, incisos XV e XVI, e 9°, incisos III, XIX e XX do Regimento Geral;

 

Considerando que a proposta de diretrizes para elaboração da Segunda Reprogramação do Plano de Ação e Orçamento do CAU referente ao Exercício de 2014 foi aprovada pela Comissão de Planejamento e Finanças do CAU/BR;

 

 

DELIBERA:

 

  1. Aprovar, na forma do anexo a esta Deliberação Plenária, as diretrizes para elaboração da Segunda Reprogramação do Plano de Ação e Orçamento do CAU referente ao Exercício de 2014.

 

  1. Esta Deliberação Plenária entra em vigor nesta data.

 

 

 

Brasília, 17 de julho de 2014.

 

 

 

 

HAROLDO PINHEIRO VILLAR DE QUEIROZ

Presidente do CAU/BR

 

 

 


 

 

 

(Clique aqui para baixar o anexo desta Deliberação Plenária em PDF)

(Clique aqui para baixar o anexo desta Deliberação Plenária em DOC)

Compartilhe:

Precisa de atendimento do CAU/BR? Envie uma mensagem para [email protected].
Quer fazer uma sugestão, elogio ou reclamação? Entre em contato com a Ouvidoria clicando aqui.
Para registrar um pedido com base na Lei de Acesso à Informação, clique aqui.

Pular para o conteúdo